(16) 3363-3012 faleconosco@eyetec.com.br

O que é a doença do olho seco?

A condição conhecida como doença do olho seco, também referida como síndrome do olho seco ou síndrome da disfunção lacrimal, surge quando há uma redução na produção de lágrimas ou quando as lágrimas não apresentam a qualidade necessária para manter os olhos devidamente lubrificados. Geralmente, essa enfermidade afeta ambos os olhos, frequentemente de maneira assimétrica.

O filme lacrimal ou lágrima é composto por três camadas distintas: lipídica, aquosa e de mucina. A camada lipídica, a mais externa, é produzida pelas glândulas palpebrais de Meibomius, sendo crucial para minimizar a evaporação da lágrima. A camada intermediária, mais espessa, é a aquosa, composta por água e outros elementos provenientes das glândulas lacrimais situadas nos cantos laterais superiores de ambos os olhos. A camada mais interna é a de mucina, predominantemente formada por células da conjuntiva, desempenhando o papel crucial de facilitar a adesão do filme lacrimal à córnea.

A função primordial da lágrima é lubrificar e nutrir as células da superfície da córnea e da conjuntiva. Além disso, desempenha um papel essencial na proteção da superfície ocular contra infecções e os efeitos prejudiciais do ambiente.

Sintomas da doença de olho seco:

O paciente que apresenta olho seco pode apresentar uma série de sintomas, os mais comuns são:

  • Sensação de corpo estranho ou areia nos olhos;
  • Ardor nos olhos;
  • Irritação;
  • Olhos vermelhos;
  • Produção excessiva de lágrimas (olhos lacrimejantes) – em alguns casos iniciais do olho seco evaporativo;
  • Visão turva ou embaçada que melhora ao piscar;
  • Desconforto na leitura, ao assistir televisão, e em frente à tela do computador;
  • Dor.

Equipamento DA-3:

Nos últimos avanços oftalmológicos, o Analisador de Superfície Ocular DA-3 surge como uma promessa para aprimorar o entendimento e abordagem do olho seco. Equipado com tecnologia de ponta, esse dispositivo oferece uma análise minuciosa, incluindo medições automatizadas do tempo de ruptura do filme lacrimal, altura meniscal e uma análise detalhada da camada lipídica. Sua capacidade de destacar obstruções nas glândulas de Meibomius e áreas de lesão na córnea o torna um recurso valioso na identificação precisa de causas subjacentes ao olho seco.

Ao integrar o questionário OSDI e SPEED, o DA-3 proporciona uma avaliação padronizada dos sintomas, facilitando o acompanhamento da progressão da doença ao longo do tempo. Com suporte técnico especializado, ele se destaca como uma ferramenta essencial para oftalmologistas que buscam aprimorar suas práticas.

Identificar a complexa síndrome do olho seco não é uma tarefa simples, pois diversos fatores contribuem para a doença, e os sintomas variam entre os pacientes. O diagnóstico bem-sucedido exige uma abordagem abrangente, considerando fatores como disfunção das glândulas meibomianas, acne rosácea, diabetes mellitus, deficiência de vitamina A, tratamento para glaucoma, cirurgia corneana, fatores ambientais e alergias.

Recursos e Aplicações:

  • Medição do Tempo de Ruptura do Filme Lacrimal (NIBUT): O DA-3 apresenta a capacidade de medir o NIBUT, permitindo uma avaliação precisa da estabilidade do filme lacrimal. Essa funcionalidade é crucial para a compreensão do olho seco e sua abordagem terapêutica.
  • Medição da Altura Meniscal (TMH): Ao medir a altura meniscal, o DA-3 oferece informações sobre a quantidade e distribuição da lágrima na superfície ocular. Esse dado é valioso para diagnóstico e monitoramento do olho seco.
  • Análise da Camada Lipídica: Equipado com tecnologia avançada, o DA-3 proporciona uma análise detalhada da camada lipídica, contribuindo para uma compreensão mais profunda da função da lágrima e direcionando estratégias de tratamento.
  • Análise de Abertura das Glândulas: O DA-3 permite uma análise minuciosa da abertura glandular, fornecendo insights sobre a função das glândulas de Meibomius. Essa análise é particularmente relevante para o tratamento do olho seco associado à disfunção meibomiana.
  • Meibografia Avançada: Com recursos de imagem avançados, o DA-3 possibilita uma avaliação detalhada das glândulas de Meibomius, facilitando a compreensão da morfologia glandular e orientando estratégias precisas de tratamento.
  • Análise de Coloração Corneana: Incluindo recursos para a análise de coloração corneana, o DA-3 permite identificar áreas de erosão ou lesão na córnea, aspecto crucial no diagnóstico e tratamento do olho seco.
  • Questionário OSDI: O DA-3 oferece a capacidade de administrar e analisar o questionário de Disfunção do Filme Lacrimal (OSDI), uma ferramenta validada para avaliar a gravidade dos sintomas de olho seco e seu impacto na qualidade de vida do paciente.
  • Questionário SPEED: Adicionando mais uma dimensão à avaliação, o DA-3 incorpora o questionário SPEED para mensurar a gravidade dos sintomas de olho seco, proporcionando uma visão abrangente do quadro clínico.

Relatório TFOS DEWS II:

Nosso sistema inovador de fornecimento de relatórios de exames está alinhado com as diretrizes estabelecidas no relatório TFOS DEWS II (The Tear Film & Ocular Surface Society Dry Eye Workshop II). Este referencial, reconhecido internacionalmente, oferece uma abordagem abrangente e atualizada para a avaliação da síndrome do olho seco. Nossos relatórios são elaborados cuidadosamente, seguindo as recomendações do TFOS DEWS II, a fim de proporcionar informações precisas e relevantes sobre a saúde ocular de nossos pacientes.

Ao adotar as melhores práticas delineadas no relatório TFOS DEWS II, garantimos que nossos relatórios de exames sejam conduzidos de maneira consistente e em conformidade com os mais recentes avanços na compreensão e tratamento da síndrome do olho seco. A integração dessas diretrizes em nosso processo de geração de relatórios destaca nosso compromisso com a excelência clínica e a oferta de cuidados oftalmológicos de alta qualidade.

Cada detalhe do nosso sistema, desde a coleta de dados até a apresentação dos resultados, é projetado para refletir a precisão e a abrangência preconizadas pelo TFOS DEWS II. Dessa forma, não apenas cumprimos, mas superamos as expectativas em termos de fornecimento de informações detalhadas e confiáveis sobre a saúde ocular, garantindo que os profissionais de saúde e os pacientes possam tomar decisões informadas e estratégicas para o tratamento da síndrome do olho seco.

Suporte e Treinamento:

Além das características técnicas, nosso compromisso se estende ao fornecimento de suporte técnico especializado e treinamento personalizado. Isso visa assegurar que profissionais estejam plenamente capacitados para utilizar o Analisador de Superfície Ocular DA-3 de maneira eficiente, visando resultados clínicos sólidos.

Explorar as funcionalidades do Analisador de Superfície Ocular DA-3 pode ser um passo significativo para aprimorar a abordagem ao olho seco na prática oftalmológica. Convidamos você a considerar essa ferramenta em sua jornada clínica e a entrar em contato para mais informações ou agendar uma demonstração.

Gostou deste artigo?  Compartilhe nas suas redes sociais e continue acompanhando nosso blog para outras novidades. Até a próxima!