(16) 3363-3012 faleconosco@eyetec.com.br

Sinais Comuns de Problemas Oculares em Crianças

 

Os sinais de problemas de visão em crianças podem variar de evidentes a sutis. É crucial identificar e tratar esses problemas precocemente, especialmente enquanto a visão está em desenvolvimento. Consultas regulares com um oftalmologista pediátrico são essenciais para proteger a visão de seu filho conforme ele cresce.

O Dr. Stephen Lipsky, oftalmologista pediátrico, recomenda que os pais e cuidadores prestem atenção à regra “RSVP”: vermelhidão, sensibilidade à luz, alterações na visão e dor. Se o seu filho apresentar algum desses sintomas, é recomendável agendar uma consulta com um oftalmologista. Se dois ou mais desses sintomas estiverem presentes, uma atenção médica imediata pode ser necessária.

Aqui estão outros sinais comuns de problemas oculares em crianças e como lidar com eles:

1. Piscar ou esfregar os olhos:
– Frequentemente, o piscar e o esfregar dos olhos são causados por irritações, como alergias ao pólen ou a animais. Tratamentos com gotas de venda livre ou prescritas podem ajudar.
– Às vezes, um corpo estranho pode causar irritação. Também pode ser um tique habitual relacionado a alergias, estresse ou ansiedade.
– Piscar repetidamente pode indicar problemas de refração, como miopia, que requerem avaliação e possivelmente o uso de lentes corretivas.

2. Manchas no branco dos olhos:
– As manchas podem ter várias causas. Uma mancha vermelha brilhante geralmente é uma hemorragia subconjuntival, geralmente inofensiva.
– Manchas cinzentas podem indicar condições benignas ou deficiência de ferro, exigindo avaliação por um oftalmologista.
– Manchas marrons são geralmente nevos, que devem ser monitorados ao longo do tempo por um oftalmologista.

3. Olhos dilatados/pupilas grandes:
– Pupilas maiores são comuns em crianças, especialmente em olhos claros.
– Pupilas devem responder à luz, mas uma diferença consistente entre elas pode exigir avaliação.

4. Visualização de pontos na visão:
– Manchas ou moscas volantes são comuns e geralmente inofensivas, mas mudanças repentinas podem indicar problemas sérios, como lágrima na retina.

5. Desconforto ou coceira:
– Associado a alergias sazonais, desconforto ocular pode ser aliviado com tratamentos apropriados prescritos pelo oftalmologista.

6. Dormência com os olhos abertos:
– Normal em sono profundo, mas em ambientes com ar condicionado, pode causar olhos secos.

7. Secreção ocular:
– Secreção seca ou úmida pode indicar condições como blefarite ou conjuntivite, requerendo tratamento adequado.

8. Olhos desalinhados:
– O estrabismo é comum em crianças e deve ser tratado precocemente para evitar problemas de visão.

9. Inclinação da cabeça ou cobrindo um olho:
– Pode indicar ajustes na visão devido a erros de refração, ambliopia ou outras condições que exigem avaliação oftalmológica.

É importante estar atento a esses sinais e buscar orientação profissional se necessário para garantir a saúde ocular de seu filho.

Gostou deste artigo?  Compartilhe nas suas redes sociais e continue acompanhando nosso blog para outras novidades. Até a próxima!